Facebook Instagram
Postado em tendências Por:

Estilo de vida hygge vira tendência na decoração

Os países escandinavos figuram entre os mais felizes do mundo, de acordo com o Estudo Mundial sobre a Felicidade da Organização das Nações Unidas (ONU). No último levantamento, de março deste ano, Noruega, Dinamarca e Islândia ocuparam os três primeiros lugares, respectivamente. A prosperidade desses países gera curiosidade e chamou a atenção para o hygge, um estilo de vida que está se tornando tendência mundial.

A palavra dinamarquesa hygge (pronuncia-se “huga”) não tem uma tradução exata em português, mas remete a uma filosofia de vida que preza por bem-estar, paz, aconchego e aproveitar as pequenas alegrias da rotina. Ler um livro perto da janela de casa, receber os amigos para cozinhar ou se aconchegar com o parceiro no sofá para ver um filme são típicas atitudes do hygge, que inclui tornar a casa um lar, com simplicidade e conforto na decoração e objetos que evocam boas memórias.

A blogueira curitibana Débora Alcântara, do site Tudo Orna, buscou inspiração em elementos que mais tarde descobriu fazerem parte do estilo escandinavo: “Me atraí pelo conforto e aconchego do estilo, com ambientes com vida e afeto. Queria uma casa cercada pelas coisas que eu gosto”, conta. Ela documentou a reforma de seu apartamento no Instagram “apartamento.33”.

Casas escandinavas

Para trazer o espírito hygge para o projeto, Débora e os arquitetos Edgard Corsi e Ana Carolina Boscardin utilizaram a madeira, muito presente em casas escandinavas. Ripas de madeira restantes de uma reforma na casa dos sogros da blogueira foram utilizadas para criar vigas no teto “isso deu um ar rústico, com cara de casa antiga, com história”, conta Edgard Corsi. Para trazer mais praticidade, foram utilizados porcelanatos com acabamento imitando madeira no chão e nas paredes. Tons neutros como branco, preto e cinza mantêm a simplicidade.

As plantas dão um toque natural ao ambiente (Foto: Eduardo Macarios | Divulgação)

O conforto também é um ponto importante do estilo. Como nos países nórdicos as temperaturas são muito baixas, o uso de almofadas, tecidos pesados e mantas de lã faz parte do conceito de aconchego, que pode ser aproveitado em casas brasileiras com tecidos mais leves. Plantas alegram o ambiente e trazem proximidade com a natureza, ou tra característica do estilo hygge. Plantas tropicais trazem um toque brasileiro ao estilo.

Algumas adaptações podem ser feitas para trazer o estilo nórdico em projetos brasileiros, mas as principais características do hygge são universais, como a simplicidade e o uso de objetos de valor afetivo, que trazem alegria para os donos da casa. Elementos como uma cabeceira de cama que remete à infância de Débora e lembranças de viagem foram incorporados na decoração: “Como os nórdicos passam muito tempo dentro de casa no frio, têm muitas lembranças. Deixamos espaços para o casal preencher com suas memórias”, diz Edgard.

*Sob supervisão da editora Cassandra Barteló

Fonte: atarde.uol.com.br

Posts Relacionados:

escreva um comentário